McDonald's elimina plástico e deixa de produzir 1,4 mil toneladas de lixo

·1 minuto de leitura
Newcastle upon Tyne, England - March 5, 2011: McDonald\'s Big Mac value meal isolated on a white background.  A Big Mac, fries and a coke sitting on a reflective surface.
Recomendação foi de eliminação de tampas de bebidas, canudos e de copos plásticos
  • McDonald's recomendou que restaurantes eliminassem plástico

  • Com isso, houve redução de 40% no consumo de itens feitos de plástico

  • Desde 2018, redução na produção desse tipo de lixo foi de 1,4 mil toneladas

O Relatório de Impacto Social e Desenvolvimento de 2020 da Arcos Dourados, mostra que houve uma redução de 40% no consumo de plástico nas lojas do McDonald's na América Latina e Caribe. De acordo com a franquia de rede que cuida da operação da marca na região, isso aconteceu devido ao lançamento do programa “Receita do Futuro”, em que recomendou a eliminação de tampas de bebidas, que os canudos não fossem mais oferecidos e que os copos de plásticos fossem substituídos. As informações são do UOL.

Leia também:

Embalagens de plástico de café da manhã e de salada foram substituídas por itens de papelão biodegradável. 

Menos 1,4 mil toneladas

Com isso, a rede franquias evitou que 1,4 mil toneladas de plástico fossem descartados no meio ambiente desde 2018.

No Brasil, foi feita uma parceria com uma startup de Israe, a UBQ, responsável por desenvolver um processo que transforma lixo em termoplástico sustentável. A partir disso, com a substituição de bandejas nos restaurantes, já foi possível produzir 18 mil unidades feitas com o material. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos