McDonald's traz de volta sanduíche de costela

McRib volta ao cardápio do McDonald's nos Estados Unidos (Photo by David Paul Morris/Getty Images)
McRib volta ao cardápio do McDonald's nos Estados Unidos (Photo by David Paul Morris/Getty Images)
  • McRib é popular entre os consumidores, que criaram até ferramentas online para encontrá-lo;

  • Sanduíche ajudou McDonald's a recuperar vendas no final do ano passado;

  • Rede foi afetada em 2021 por problemas na cadeia logística e falta de funcionários.

O McDonald's está trazendo o McRib, sanduíche feito de costela, de volta para seus restaurantes. O hambúrguer especial retorna aos cardápios da franquia periodicamente como forma de impulsionar as vendas da cadeia de fast-food.

Segundo o CEO do conglomerado, Chris Kempczinski, o McRib é "o GOAT dos sanduíches em nosso cardápio". "GOAT" é uma sigla em inglês para "Greatest Of All Time", ou "o maior de todos os tempos". O retorno foi anunciado em uma teleconferência de resultados em 27 de outubro.

Desde 1980 o McRib aparece nos menus de forma intermitente, sendo uma das promoções sazonais mais conhecidas da rede, providenciando um aumento nas vendas da rede de fast-food. No Brasil o sanduíche de costela já esteve disponível em algumas ocasiões, como em 2000, 2002, 2017 e 2021.

Foi em 2021, inclusive, que o McRib ajudou a rede a recuperar a receita perdida nos Estados Unidos devido a atrasos na cadeia de suprimentos e à escassez de funcionários nas lojas americanas.

O sanduíche estará de volta aos menus a partir do dia 31 de outubro por um "período limitado", ou LTO (limited time offer). O produto é bastante popular entre os consumidores da rede de fast-food, que criaram até mesmo ferramentas online para encontrar lojas que estejam oferecendo o McRib.

O McDonald's usa a mesma estratégia que outras redes de fast food empregam com LTOs, como batatas fritas nacho no Taco Bell ou tempero de abóbora no Starbucks. A remoção temporária de itens dos menus pode aumentar a demanda quando eles retornarem. Taco Bell, por exemplo, disse que a demanda pela Pizza Mexicana foi sete vezes maior após seu retorno.