MC Dricka posta comunicado após ser acusada de violência doméstica pela mulher: 'Medidas sendo tomadas'

Depois que a modelo Larissa Novais, mulher de MC Dricka relatou nas redes sociais que fez um boletim de ocorrência por violência doméstica, o perfil da funkeira publicou um comunicado oficial sobre o caso.

"A MC Dricka, através de sua assessoria de imprensa vem se manifestar acerca dos últimos acontecimentos envolvendo o nome da artista. Diante de tudo o que está sendo veiculado, a equipe jurídica da cantora está apurando as acusações imputadas e todos os episódios narrados, para que, somente após a conclusão de todos os trabalhos realizar o pronunciamento oficial", diz a postagem.

"Todas as medidas estão sendo tomadas e, o silêncio da artista nesse momento se faz necessário, por cautela e para que não seja cometida nenhuma injustiça e, toda a verdade seia de fato esclarecida. Mc Dricka é uma mulher preta, de origem periférica, com orientação sexual homossexual e repudia todo e qualquer tipo de violência, fazendo questão sempre de externar isso através do seu trabalho, para que todos que a seguem possam acompanhar e entender melhor sobre sua luta diária", diz.

"Por se tratar de um assunto sério e que envolve questões legais e, diante da necessidade de preservação da ética e sigilo dos profissionais envolvidos, não será repassada nenhuma informação, até que tudo seja apurado e chegue ao conhecimento da equipe jurídica, bem como da artista. Mc Dricka agradece a todas as mensagens de carinho, apoio e solidariedade que tem recebido e garante que em breve, fará questão de se manifestar em respeito a sua família, aos fãs e todas as pessoas que acompanham direta ou indiretamente seu trabalho e toda sua jornada até aqui", finaliza.

Antes, os comentários da publicação estavam liberados para todos os usuários do Instagram. Minutos depois que a postagem foi feita, os administradores da página da funkeira suspenderam a opção de comentar no post.

Larissa Novais relatou nas redes sociais nesta quinta-feira, 17, que deixou a casa onde morava com a funkeira em São Paulo, e mostrou um boletim de ocorrência que fez por violência doméstica.

Nos stories do Instagram, Larissa conta, sem citar o nome de Dricka, que está indo para a casa da sua família e reclamou que não conseguiu levar nem a cachorra nem o celular de trabalho, por não terem sido comprados com o dinheiro dela.

´

"Está tudo bem, gente. Estou indo pra casa da minha família. Algumas coisas minhas e do meu filho não consegui levar (pois como não fui eu que paguei não pude levar) nem a Helena (minha cachorra ) não pude levar e meu outro celular estou sem também! (meu celular de trabalho)! Os quartos estão trancados para eu não pegar o restante das coisas, mas está tudo bem já", escreveu Lari.

"Só queria meu celular de trabalho e minhas coisas, do meu filho e da minha cachorra! Tô sem carregador tbm depois venho conversar com vocês mais tarde gente. Tô com medo porque estão com meu celular e minha conta tá logada lá, tô com medo de excluírem meu Instagram", postou, preocupando os fãs.

Em seguida, Larissa mostra um boletim de ocorrência que fez por violência doméstica. No registro, é possível ver que a suposta agressão que ela sofreu teria acontecido na tarde desta quinta-feira. Ela e Dricka também deixaram de se seguir no Instagram e apagaram todas as fotos que tinham juntas.

Em entrevista em junho de 2021, Dricka contou que as duas estavam morando juntas num apartamento alugado em Guarulhos, São Paulo, enquanto esperava acabar as obras da cobertura que ela tinha acabado de comprar em Alphaville.