MC Negão da BL tem canal no Youtube hackeado

O Globo
·2 minuto de leitura
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

RIO — Conhecido na internet pelos vídeos gravados ao lado da família, o funkeiro Matheus Bento, o MC Negão da BL, teve o canal do Youtube hackeado. O cantor teria perdido o acesso à conta com mais de 2,5 milhões de seguidores após a intervenção de uma pessoa próxima a ele. O assunto se tornou um dos mais comentados no Twitter nesta terça-feira.

Na última sexta, o artista fez um post no Twitter sobre o ocorrido, mas apagou o desabafo. "O cara que eu mais confiava deu golpe no meu canal do #YouTube. Maior vontade de jogar ele fora, mas entreguei nas mãos de Deus pq ele é o melhor justiceiro. Eu trabalho em prol da minha da minha família. Olha eu com a minha coroa #tenhalealdade” publicou o artista.

Na segunda-feira, porém, ele publicou um vídeo emocionado ao lado da mãe, Gisele Bento, contando que o antigo empresário DJ Luan, ficava com metade do pagamento que ele recebia no Youtube, por ter ajudado no início da criação do canal. Os dois teriam brigado por conta desta divisão, o que motivou Luan a bloquear o acesso de Negão.

Luan nega a acusação, o que chama de "boato". "Tenho consciência limpa, sem motivo algum para me importar com coisas que sei que não fiz", escreveu no Instagram.

Alyne Raphaela, que trabalha na assessoria do funkeiro, pediu que internautas evitassem ataques contra pessoas que supostamente teria cometido o erro. Ela disse ter recebido mensagens de internautas apontando que ela teria enganado o MC. Alyne garantiu que "o problema seria resolvido da melhor forma".

Morador de Magé, na Baixada Fluminense, Negão da BL conquistou fãs compartilhando o dia a dia com a mãe na internet. Sem filtros, os vídeos mostravam a realidade simples que viviam. A partir da fama nas redes sociais, ele voltou a investir na carreira no funk, que fora deixada de lado, e lançou alguns trabalhos musicais.