MC Topre, de 'Apaga a luz, apaga tudo', celebra hit e critica preço da conta de energia: 'Caro demais'

Leonardo Ribeiro
·3 minuto de leitura

"Apaga a luz, apaga tudo", refrão da música de MC Topre que viralizou nas redes sociais, descreve a cena de uma festa, mas bem que poderia ser jingle para economizar nas contas de luz. Afinal, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou os reajustes nas tarifas da Light e da Enel Rio, com isso os consumidores no Rio de Janeiro vão pagar mais. Paulistano da Zona Norte, o cantor não vê a situação muito diferente para o seu lado.

— Poxa, está tudo caro demais. O pessoal está "enfiando a faca mesmo". A ideia inicial de "Apaga a luz, apaga tudo" era homenagear os profissionais da segurança, da luz e do som, que são essenciais para ajudar a fazer o baile acontecer. Ao mesmo tempo, são os que mais sofrem, já que estão trabalhando em eventos legais e não podem curtir. Por isso, canto "instigando o segurança". E é engraçado que agora os fãs já começaram a me mandar vídeos com a música tocando e eles apagando a luz, além de dançar — diverte-se Marco Rodrigo Gonçalves, o MC Topre, de 28 anos, que sabe como economizar em casa: — Eu adoro ficar no escurinho (risos).

A música ganhou uma coreografia, assim como um bom hit que segue a fórmula do aplicativo TikTok. Caiu no gosto de celebridades, como Neymar, Marília Mendonça e foi até a dancinha dos jogadores do Flamengo após a conquista do título.

— Quando os dois fizeram, eu caí sentado, não acreditei. Sou fã. Mas tudo começou com a MC Rebecca. Também não a conheço, mas ela dançou com a filha dela, do nada. Depois vieram Lázaro Ramos, Luísa Sonza, Deborah Secco... Acho que não tem um famoso que ainda não fez (risos).

Por isso, MC Topre (sílabas da palavra "preto" invertidas) atraiu uma parceria de peso. A partir da próxima sexta-feira, dia 12, o hit ganha uma nova versão, no ritmo da pisadinha, com Xand Avião.

— Essa agora vai explodir o Brasil inteiro! O produtor DJ Ivis, que fez sucesso recente de Zé do Vaqueiro, foi quem fez a ponte com o Xand. Foi aí que ele veio, gravamos um clipe maravilhoso. E tive que aprender o piseiro. "O" homem vai soltar no canal dele, né? A parada ficou séria — vibra.

Pensar em formas de alavancar o sucesso foi a forma que o artista encontrou para trabalhar muito durante a quarentena.

— Se ficar parado só pensando que está tudo fechado, quando reabrirem os shows, o contratante vai querer quem tem a música do momento. Então, estou sempre pensando na próxima, vou ganhando com plataformas de streaming, porque quando puder voltar aos palcos, já terei um monte de sucessos na boca do povo.

Com tantas oportunidades na carreira, o funkeiro já conseguiu mudar de vida?

— A única coisa que quero é deixar a minha família bem, confortável e mais nada. Graças a Deus, a geladeira já está mais cheia, compro um café da manhã gostoso e já paguei a conta de luz! — diz Topre, que é pai de quatro filhos.