McGregor já fala em revanche com Mayweather, mas alerta: "Terá que ser no octógono"

Assim que a luta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather foi confirmada, o consenso geral era o de que o campeão peso-leve (70 kg) do UFC não teria chances de vencer – já que se trata de um combate de boxe, e seu adversário é considerado o maior pugilista do século 21. No entanto, durante a terceira coletiva de imprensa para a promoção do show, evento realizado em Nova York (EUA) na última quinta-feira (13), o irlandês não apenas manteve a confiança de que conseguirá um nocaute, como também previu que seu oponente irá clamar por uma revanche após ser derrotado. E se depender de ‘The Notorious’, o reencontro só acontecerá com uma condição: se for em um octógono.

Atleta originário do MMA, McGregor se dispôs a enfrentar o pugilista em um ringue e sob as regras do boxe, o que, pelo menos a princípio, lhe desfavorecerá amplamente. Tal decisão fez com que ele tivesse que alterar seu treino e sua rotina de preparação, e essa pode ser a explicação para o seu desejo em fazer uma revanche contra o americano no cage. Isso porque, ao que tudo indica, ele quer que Mayweather saia de sua zona de conforto e aceite ser o azarão em uma luta de artes marciais mistas após perder em seu próprio esporte.

“A grandeza é para os que têm bravura, já ele é um homem assustado. Disse hoje duas vezes que iria me bater, e é bom ter esse tipo de conversa porque ele vai terminar inconsciente. Talvez ele vá querer uma revanche [depois de ser nocauteado], mas terá que ser no octógono. […] Eu te digo aqui, agora mesmo, esse jogo [o boxe] é fácil, acordo todas as manhãs sabendo disso. Estou muito em forma, e não acredito que terei problemas. […] Nada do que ele diz me afeta, olhe para mim”, afirmou McGregor.

Mantendo a marra que lhe é costumeira, o irlandês ainda garantiu que viu medo dentro dos olhos do americano enquanto se encararam nos últimos dias. De acordo com o campeão do UFC, Mayweather nunca esteve em uma luta real, por isso, não o surpreenderá.

“Ele nunca participou de uma luta de verdade, não sabe nada sobre o jogo em que estou envolvido. No jogo do qual faço parte ele é um iniciante, um juvenil. Isso são fatos. […] Estarei preparado para ambos [caso Mayweather opte por não correr riscos ou por ser agressivo], me anteciparei. Estarei preparado para tudo, e, se ele cometer algum erro, será um esperto inconsciente”, completou o irlandês.

Além de fazer previsões para a luta e de revelar que percebeu medo nos olhos do pugilista, McGregor foi além e também tratou de analisar a luta do próximo dia 26 de agosto, data em que subirá ao ringue e medirá forças com o americano. E se depender do ponto de vista do peso-leve, um aspecto será decisivo para lhe garantir a vitória: sua superioridade física e seu wrestling.

“Ele sentirá que está fazendo wrestling com um urso. Independentemente do que aconteça, quando eles estão assustados, com medo e se sentindo dominados, eles agarram. Tentam agarrar e não soltar, é o que eles fazem. E, quando vier me agarrar, ele não estará agarrando um pugilista, estará agarrando um especialista no clinche. […] Ele simplesmente não entende no que se meteu. Ele é pequeno demais e terei o peso a meu favor”, concluiu.