Mecânico faz vaquinha para repor material destruído por incêndio na Vila Kennedy

Louise Queiroga
·2 minuto de leitura
Foto: Facebook / Reprodução

Um incêndio na Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio, deflagrado na última quinta-feira, dia 28, destruiu a oficina do mecânico Maduma, de 41 anos, conhecido na região como Angolano. Sem recursos para reconstruir seu local de trabalho, ele criou uma campanha de financiamento coletivo que visa a arrecadar R$ 90 mil. A ideia foi dada por amigos e colocada no ar nesta segunda-feira, dia 1º. Até o momento, porém, foram arrecadados apenas R$ 25. A família de Maduma pede ajuda na divulgação.

— A gente fez a vaquinha para ver se pelo menos a gente consegue comprar as ferramentas, o maquinário e fazer uma reforma na loja, porque a gente perdeu tudo. Perda total — contou Bárbara da Silva Barros, mulher do mecânico. — Inclusive até pegou fogo num carro de cliente e a gente tem que devolver o carro pro cliente. Então está muito difícil a situação da gente, infelizmente.

A oficina funcionava na Vila Kennedy há mais de 20 anos, mas, conforme Maduma relatou na descrição no site Vakinha, "por causa de um incêndio sem explicação", foi tudo perdido.

"Todos os meus equipamentos para dar manutenção em carros foram perdidos", acrescentou. "Neste momento eu não tenho meios financeiros para comprar o material necessário para reabrir a minha oficina que é de onde eu tiro o sustento da minha família".

De acordo com moradores ouvidos pela página no Facebook "Voz da Vila Kennedy", o incêndio que destruiu a oficina começou por volta das 23h no dia 28, depois que Maduma e Bárbara já estavam em casa. Os bombeiros foram chamados e permaneceram, segundo os relatos, até as 4h do dia 29 combatendo as chamas.

"Quero muito voltar a trabalhar como antes em meu local de trabalho, infelizmente eu não tinha seguro para arcar com este acidente. Literalmente terei que reconstruir tudo das cinzas novamente", ressaltou o angolano no site da vaquinha.