MEC recua e anuncia desbloqueio de verba para universidades

Ministro da Educação, Victor Godoy (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Ministro da Educação, Victor Godoy (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

O ministro da Educação, Victor Godoy, anunciou nesta sexta-feira (7) que universidades, institutos federais e a Capes terão recursos desbloqueados. A informação é do jornal O Globo.

Na última semana, por determinação do ministério da Economia, o MEC (Ministério da Educação) estaria impedido de gastar R$ 2,4 bilhões até dezembro deste ano. A decisão gerou forte reação entre estudantes e reitores.

Do total, o bloqueio do orçamento das universidades federais era de R$ 328 milhões, e outros R$ 147 milhões dos institutos federais.

"Acabamos de conversar com o ministério da Economia. O limite de empenho será liberado para as universidades federais, institutos federais e para a Capes", falou ele.

Porém, no vídeo divulgado em uma rede social, o ministro da Educação não explica se todo ou só uma parte do valor foi liberado.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Vamos facilitar a vida de todo mundo. Já tinha dito que não haveria impacto para as universidades e institutos, porque nós trataríamos o caso a caso, e agora estamos fazendo uma liberação para todo mundo para facilitar a vida de todo mundo", declarou.

Antes da liberação do recurso, a Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior) informou que todas as universidades federais seriam impactadas pelo contingenciamento de verbas.

A associação ainda que o bloqueio poderia fazer com que as instituições não conseguissem pagar contas básicas, ameaçando seu funcionamento.