Medalhistas olímpicos brasileiros concorrem ao prêmio Melhor Atleta do Ano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Ana Marcela Cunha, Rayssa Leal e Rebeca Andrade, no feminino; e Hebert Conceição, Isaquias Queiroz e Italo Ferreira, no masculino, concorrerão ao prêmio máximo do esporte brasileiro.
Ana Marcela Cunha, Rayssa Leal e Rebeca Andrade, no feminino; e Hebert Conceição, Isaquias Queiroz e Italo Ferreira, no masculino, concorrerão ao prêmio máximo do esporte brasileiro. Foto: (Divulgação/COB)

Foi anunciado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) a lista dos finalistas do troféu Melhor Atleta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2021. Os medalhistas olímpicos Ana Marcela Cunha (maratonas aquáticas), Rayssa Leal (skate) e Rebeca Andrade (ginástica artística), no feminino; e Hebert Conceição (boxe), Isaquias Queiroz (canoagem velocidade) e Italo Ferreira (surfe), no masculino concorrem à honraria máxima do esporte brasileiro.

A revelação será realizada em 7 de dezembro no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju (SE). O COB anunciou também o nome dos 51 melhores atletas em cada modalidade esportiva olímpica. Já os atletas que concorrerão ao prêmio Atleta da Torcida serão revelados no domingo, dia 14 de novembro, quando será aberta a votação popular pela Internet.

Leia também:

Paulo Wanderley, presidente do COB, celebrou o desempenho em Tóquio e destacou que a premiação será realizada pela primeira vez no Nordeste: "Pela primeira vez no Nordeste, o Prêmio Brasil Olímpico celebrará a melhor campanha da história do país em Jogos Olímpicos. Tenho certeza de que será uma grande festa em homenagem aos atletas, técnicos e a todos que contribuíram para esse resultado memorável em Tóquio".

O processo para a escolha dos indicados a Melhor Atleta do Ano e dos melhores das modalidades foi realizada por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes, Comissão de Atletas do COB, patrocinadores, ex-atletas e personalidades do esporte.

Sobre a disputa do troféu de Melhor Atleta do Ano, Wanderley 'lavou as mãos' acerca dos vencedores: "O esporte olímpico brasileiro estará muito bem representado por qualquer um desses atletas que conquistar o troféu de Melhor Atleta do Ano. Os concorrentes são muito fortes e encantaram o país com a qualidade de suas performances em Tóquio”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos