Medellín: Por que você deveria visitar a cidade mais encantadora da Colômbia

Marcella Fernandes
Comuna 13: antes zona perigosa em Medellín, passou por transformação social e hoje é comunidade acolhedora.

Nas minhas últimas férias, fiquei duas semanas na Colômbia e Medellín foi o último lugar que eu conheci. Antes de chegar à cidade, vários colombianos me disseram que era um local de outro mundo e que eu ia ficar encantada com a região. Foi isso mesmo que aconteceu.

Medellín é bonita, organizada, tem muita vida cultural e um ótimo clima, mas o mais impactante é a história de transformação social que a cidade viveu nos últimos 30 anos. 

A região ainda convive com muitas marcas do conflito armado, incluindo um museu inteiramente dedicado ao tema.

Há um reconhecimento desse passado doloroso por parte da população, mas também há um esforço muito grande do poder público e de diversas organizações para afastar essa ideia de que Medellín é palco de uma guerra.

E qual foi a estratégia que eles utilizaram para isso? Criar ferramenta de democratização do acesso à cidade.

O Parque de La Luz, por exemplo é uma praça antes conhecida como ponto para tráfico de drogas. Ela foi revitalizada e hoje conta com uma biblioteca pública superbonita.

As ruas do centro da cidade, por exemplo, contam com piso tátil que melhora a acessibilidade para as pessoas com deficiência e o sistema de transporte público também faz parte dessa transformação urbanística que prioriza a cidade para as pessoas.

Diante do meu encantamento com Medellín, separei aqui algumas dicas que vão te ajudar na hora de visitar a cidade:

Casas coloridas são a marca de Guatapé, cidadezinha perto de Medellín.

Hospedagem

O bairro mais popular entre turistas é El Poblado, mas fiquei em Laurelles, que é mais “vida real” e tem muitos cafés e restaurantes bem legais. Com o metrô é muito fácil se locomover por toda a cidade, então você não precisa se preocupar isso. Poblado é mais badalado. Se o foco da sua viagem for experimentar a vida noturna, pode ser uma opção melhor investir nos hotéis da região. 

Transporte até o aeroporto

A maioria dos voos chega no aeroporto José María Córdova, que fica a uns 30 km da cidade de Medellín. Há um...

Continue a ler no HuffPost