Vídeo: Médica impede entrada em consultório e criança fica sozinha em UPA na Grande BH

·1 min de leitura

Na noite desta terça-feira (4), uma médica pediatra foi demitida da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, após impedir que uma criança de 3 anos ficasse com a mãe dentro do consultório.

Um vídeo que viralizou e gerou revoltas nas redes sociais, mostra uma criança de 3 anos ficando sozinha no corredor da unidade de saúde, porque a médica se recusou a deixá-la entrar no consultório médico onde o irmão dela e a mãe eram atendidas, a profissional chega a bater a porta no rosto da criança.

Segundo Thauan Vítor da Silva Pereira, de 23 anos, que foi até a unidade de atendimento levar o próprio filho, de 11 meses e acabou gravando o vídeo, o primeiro atendimento foi realizado e, posteriormente, a mãe saiu para pegar o segundo filho e deixou o primeiro, que já tinha consultado, do lado de fora. Ao notar que ficaria sozinho, o menino ficou em pé perto da porta. Nesse momento, a porta foi fechada bruscamente.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Santa Luzia disse que o caso ainda está em apuração, mas que a profissional foi dispensada de prestar serviços para a prefeitura. Ainda conforme o comunicado, o desligamento da pediatra não comprometeu o atendimento na UPA.

A pediatra atuava na unidade de saúde havia mais de 15 anos e foi demitida após vídeo mostrando a cena viralizar, não teve, oficialmente, o nome divulgado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos