Médico preso por cárcere privado de paciente responde a 19 processos na Justiça

Médico cirurgião plástico equatoriano Bolívar Guerrero Silva mantinha paciente em cárcere privado (Foto: Reprodução/TV Globo)
Médico cirurgião plástico equatoriano Bolívar Guerrero Silva mantinha paciente em cárcere privado (Foto: Reprodução/TV Globo)
  • Médico cirurgião plástico já havia sido preso em 2010

  • Em 2016, a morte de uma paciente em cirurgia levou a um processo por imprudência

  • Ele terá de responder por cárcere privado e associação criminosa

O médico equatoriano Bolívar Guerrero Silva responde por 19 processos na Justiça. Ele foi preso nesta segunda-feira (18), suspeito de manter uma mulher em cárcere privado em um hospital particular de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Esta não é a primeira vez que o cirurgião plástico é preso. Em 2010, ele foi alvo da Operação Beleza Pura, da Polícia Civil, que prendeu oito médicos. Silva foi acusado de usar um um medicamento para preenchimento facial sem registro na Anvisa em pacientes.

Em 2016, uma paciente de lipoescultura morreu na mesa de cirurgia do médico. Por esse caso, ele é acusado pela família de imprudência.

Prisão

Agora, Bolívar foi preso suspeito de manter Daian Chaves Cavalcanti, de 36 anos, em cárcere privado no centro cirúrgico do Hospital Santa Branca. Ela se encontra em estado grave, após complicações em um procedimento estético feito com o médico.

Desde a cirurgia, a paciente solicitou a transferência de hospital, que foi dificultada por Bolívar. Além disso, na semana passada, sua tia acionou a Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam-Caxias) e relatou o caso.

Segundo a família, um ponto de sua barriga necrosou após a realização de uma abnoplastia.

A paciente foi resgatada pela polícia. No hospital, agentes cumpriram mandados de prisão preventiva, de busca e apreensão e de condução coercitiva.

Bolívar terá de responder por cárcere privado e associação criminosa. A polícia agora vai ouvir outros médicos e funcionários do hospital.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos