Médico morto em assalto no litoral de SP atuava na linha de frente da Covid-19: "Salvou muitas vidas"

·3 minuto de leitura
Médico infectologista que trabalhava na linha de frente contra a covid foi morto com um tiro durante assalto em Guarujá (Foto: Reprodução/Instagram)
Médico infectologista que trabalhava na linha de frente contra a covid foi morto com um tiro durante assalto em Guarujá (Foto: Reprodução/Instagram)

O médico infectologista Rodolfo Enrique Postigo Castro foi morto durante um assalto, na tarde do último sábado (31), em uma praia do Guarujá, no litoral de São Paulo. Ele e a família, moradores de Tatuí, no interior do estado, estavam aproveitando um dia na praia.

Os criminosos levararam os objetos dele e dos familiares e ainda atiraram contra eles. Um dos tiros atingiu o médico no peito. Rodolfo Enrique, que tinha 60 anos, foi velado e enterrado na tarde deste domingo (1), em Tatuí.

Leia também

O médico atuava na linha de frente contra o coronavírus em hospitais do interior de São Paulo. Durante a pandemia, o infectologista foi fundamento para recuperação de pacientes em estado grade da Covid-19.

Ao G1, a paciente Rose Vieira Sá, que ficou 21 dias internada na UTI em abril deste ano, afirmou que ele "salvou muitas vidas".

"Ele salvou minha vida. Salvou muitas vidas. Como ele mesmo falou, meu caso foi um milagre. Fiquei na UTI 21 dias e 15 na enfermaria. Fui intubada duas vezes ", disse.

Segundo a nora da paciente, Marielza Cristina da Silva Hoelz, o médico foi quem deu segurança para a família de que sua sogra poderia melhorar.

"Ele sempre foi muito atencioso. Ele nem precisava dar muita atenção, mas fazia questão. Sempre respondia minhas dúvidas, explicava. Era de fácil acesso. Minha sogra ficou 35 dinas internada, sendo 18 intubada. Ele ajudou muito. Vai fazer muita falta na cidade. Pessoa ímpar. Era muito preocupado com todos ao redor'', disse.

A morte do infectologista também causou comoção nas redes sociais (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
A morte do infectologista também causou comoção nas redes sociais (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Comoção nas redes socias

A morte do infectologista também causou comoção nas redes sociais. Amigos e pacientes de Tatuí, no interior de São Paulo, prestaram homenagens à vítima do assalto.

''Meu Deus! Ele estava atendendo minha mãezinha aqui em casa. Uma pessoa maravilhosa. Muito atencioso. Muito triste com essa notícia. Meus sentimentos a toda família e amigos'', escreveu uma pessoa.

Outro paciente disse que o "ele cuidou de mim e cuidou de muitos". Além disso, afirmou que a morte do infectologista é uma "perda irreparável".

''Meus sinceros sentimentos à família do doutor Rodolfo Enrique Postigo Castro pela perda inexplicável. Cuidou de mim, cuidou de muitos. Excelente profissional infectologista. Meu Deus, Tatuí tem uma perda irreparável. O povo de Tatuí está em luto. Com certeza Deus terá um bom lugar pra você. Sou grato a Deus por você ter cuidado de mim. Vai com Deus herói da saúde que muito lutou por nós'', escreveu.

Entenda o crime

Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 15h no píer da praia do Perequê, no Guarujá. 

A vítima almoçou com familiares no local e, na saída, quando foram andar no píer, foram abordados por dois criminosos que roubaram alguns pertences do médico e também de familiares. 

Os criminosos atiraram duas vezes em direção às vítimas. Um dos disparos atingiu o infectologista no peito. Investigações iniciais apontaram que os criminosos utilizaram uma motocicleta no momento do roubo.

De acordo com o G1, o médico foi levado ao pronto-socorro por pessoas que passavam pelo local, mas morreu em seguida. 

O autor dos disparos tem 17 anos, segundo informações da Polícia Civil. Equipes trabalham para localizá-lo. O caso foi registrado como latrocínio na delegacia Sede de Guarujá. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos