Medida de incerteza sobre a taxa de câmbio até outubro sobe a máxima em 3 anos e meio

Notas de dólar e real

SÃO PAULO (Reuters) - Uma medida da incerteza sobre os rumos da taxa de câmbio para daqui até outubro saltou nesta quinta-feira ao maior patamar em três anos e meio, com um rali imparável da moeda norte-americana no exterior a máximas em duas décadas, mas também num reflexo do cenário nebuloso no Brasil até as eleições presidenciais.

A volatilidade implícita em contratos de opção de dólar/real com vencimento em seis meses subiu a 20,408%, maior valor desde 26 de setembro de 2018 (20,638%). Assim, deixou para trás a máxima da pandemia, de 20,175%, do dia 29 de junho de 2020.

Quanto mais elevado o número, mais oscilações bruscas são esperadas para o preço de um ativo --no caso, a taxa de câmbio.

A forte alta na volatilidade implícita, contudo, é mais notada no vencimento de seis meses, que inclui outubro, mês das eleições presidenciais. As medidas para um, dois e três meses operavam em leve queda ou em torno da estabilidade nesta quinta-feira.

O dólar voltava a subir ante o real nesta sessão e chegou a se aproximar de 5,05 reais, máximas desde meados de março, antes de devolver parte dos ganhos e ser cotado em torno de 4,99 reais por volta de 13h06 (de Brasília). No exterior, um índice da moeda norte-americana em relação a uma cesta de rivais de países ricos disparou a picos desde dezembro de 2002, com expectativas de que a política monetária do Fed siga comparativamente mais agressiva.

Aqui, o dólar chegou a ser cotado em torno de 4,60 reais há cerca de uma semana e, embora analistas tenham se surpreendido com a velocidade do rali para acima de 5 reais, eles lembraram que era previsto que a moeda voltasse para em torno desse nível, em parte pela perspectiva de que o debate eleitoral se torne mais acirrado conforme se caminha para outubro.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos