Medidas da prefeitura de São Paulo no combate ao coronavírus são aprovadas por 68% da população

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP - 27.04.2020: DORIA ANUNCIA 100 NOVOS LEITOS NO HC - The Governor of the State of São Paulo, João Doria announces during a press conference, this Monday (27th), another 100 new beds at Hospital das Clínicas, to attend patients with the new coronavirus (covid-19). He also reported that the social isolation rate reached 58% on Sunday (26). In the photo, Mayor Bruno Covas during a press conference at Palácio dos Bandeirantes. (Photo: Aloisio Mauricio/Fotoarena)(Sipa via AP Images)
Ações do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, só são rejeitadas poe 20% dos participantes da pesquisa (Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Sipa via AP Images)

A maior parte dos paulistanos avalia que as medidas tomadas pelo prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, para combater o coronavírus foram adequadas. Em pesquisa feita pela Rede Nossa
São Paulo em parceria com o Ibope Inteligência, 68% dos entrevistados aprovaram as medidas municipais.

· SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

· SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO FLIPBOARD

· SAIBA TUDO SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

A pesquisa foi feita entre os dias 17 e 26 de abril com moradores da cidade de São Paulo com 16 anos ou mais, das classes ABC. O levantamento foi feito online, com questionário estruturado.

O índice de aprovação das medidas tomadas pelo governo do estado foi o mesmo: 68%. O ministério da saúde foi o que teve maior aprovação, com 71%.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

As medidas tomadas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foram consideradas inadequadas por 57% dos paulistanos. Já as ações do Congresso Nacional não são consideradas adequadas por 32% dos entrevistados. O Ministério da Economia foi avaliado positivamente por 45% dos participantes da pesquisa.

Leia também

· Covid-19: Brasil chega a 7 mil mortes e 101 mil casos

· Moro diz à PF que Bolsonaro ameaçou demiti-lo em reunião

· Covid-19: números do Brasil preocupa países vizinhos

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.