Covid-19: medidas restritivas são prorrogadas pela Prefeitura do Rio

O Globo
·1 minuto de leitura

RIO — A Prefeitura do Rio prorrogou as medidas restritivas adotadas para tentar conter o avanço da Covid-19 até o dia 27 de abril. A medida foi publicada, nesta sexta-feira, no Diário Oficial. Na última quarta-feira, foi liberada a prática de atividades coletivas em praças, áreas públicas, praias e ruas desde que não gerem aglomerações. A presença de pessoas na areia para o banho de sol continua proibida. Já clubes passaram a poder abrir das 6h às 21h. Antes, as atividades só podiam começar às 11h. As demais regras para comércio, serviços e indústrias estão mantidas.

Veja como estão as restrições na cidade:

Até as 21h

BaresLanchonetesRestaurantesQuiosques da orla

Foi estipulada uma hora de tolerância para o efetivo encerramento dos serviços nestes locais.

Clubes sociais e esportivos (as áreas de lazer a partir das 6h)

Do meio-dia às 21h:

MuseusGaleriasBibliotecasCinemasTeatros casas de festaSalas de apresentaçãoSalas de concertoSalões de jogosCircosRecreação infantilParques de diversões, temáticos e aquáticosPontos turísticosExposição de arteAquáriosJardim ZoológicoDemais atividades de prestação de serviço

Das 10h às 18h:

Comércio

Das 8h às 17h:

Órgãos não essenciais da administração pública

O que continua suspenso:

BoatesCasas de espetáculoAmbulantes nas praiasFeiras especiais, feiras de ambulantes, feiras de antiquáriosRodas de SambaFestas em áreas públicas e particularesA permanência nas vias, áreas e praças públicas das 23h às 5hAtividades em praias, parques e cachoeiras que geram aglomeraçõesPermanência na areia da praia