MedSênior começa a operar em São Paulo em julho

*ARQUIVO* São Paulo, SP, 17-03-2020: Still remédios. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
*ARQUIVO* São Paulo, SP, 17-03-2020: Still remédios. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A MedSênior, operadora de saúde com foco no cliente de mais de 60 anos, vai começar a trabalhar em São Paulo a partir de julho deste ano, quando prevê inaugurar um centro de atendimento ambulatorial.

Atualmente com uma base de 75 mil clientes na carteira, a empresa tem um plano de expansão para este ano que inclui cerca de R$ 20 milhões em investimentos. Em São Paulo, o grupo prever ampliar a rede própria e credenciar hospitais, clínicas e prontos-socorro.

A MedSênior tem unidade no Espírito Santo, onde começou, e também em Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e em Brasília (DF).

Segundo relatório da administração divulgado em março, a expectativa da operadora é registrar aumento real de 40% no volume de planos de saúde vendidos, e de 46% na receita bruta. Em janeiro deste ano, a operadora recebeu aportes do Fundo Soberano de Cingapura.

A companhia tem investido em rede própria de atendimento, em um modelo similar ao da Prevent Sênior, cuja operação também é voltada ao público idoso. Em Vitória (ES), a MedSênior um hospital geriátrico que ocupada oito mil metros quadrados de área construída e 107 leitos de internação.

Além da chegada à São Paulo, o plano de expansão inclui um novo pronto-socorro avançado em Vila Velha e um centro de diagnóstico em Cariacica, ambos no Espírito Santo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos