Medvedev vence Zverev e fica perto das semis do ATP Finals; Sinner atropela Hurkacz

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
O tenista russo Daniil Medvedev após a vitória sobre o polonês Hubert Hurkacz no ATP Finals (AFP/Marco BERTORELLO)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O russo Daniil Medvedev, número 2 do mundo, deu um grande passo rumo às semifinais do ATP Masters ao derrotar o alemão Alexander Zverev (N.3) em uma partida emocionante; 6-3, 6-7 (3/7) e 7-6 (8/6), nesta terça-feira em Turim, em um torneio em que Jannik Sinner, substituto do lesionado Matteo Berrettini, estreou a todo vapor.

O público vibrou com o primeiro triunfo italiano neste torneio organizado pela primeira vez no país. Uma vitória rápida de Sinner (11º no mundo) sobre o polonês Hubert Hurkacz (N.9) por 6-2 e 6-2.

Já Medvedev teve que lutar durante duas horas e 35 minutos para alcançar sua segunda vitória em dois jogos, com a qual garantiu a classificação.

O russo, muito sólido no serviço e superior nas trocas longas, teve que se esforçar muito em um duelo que, ao que tudo indica, deverá se tornar um clássico do tênis nos próximos anos. Foi o 11º confronto entre os dois, com seis vitórias para o russo, que venceu os últimos cinco.

O alemão, campeão olímpico e vencedor do ATP Finals em 2018, perdeu uma boa chance de quebrar o saque do russo em seu primeiro serviço. Com uma variedade de golpes, Medvedev fez 3 a 0 e venceu o primeiro set.

Zverev, de 24 anos, não se rendeu e no segundo set esteve sempre perto do adversário, que levou ao tie-break, onde Medvedev se irritou depois de ser sancionado por uma falta de pé.

No terceiro set, o mais equilibrado, os dois confirmaram seus serviços novamente e a partida foi definida em outro game decisivo.

Com mais confiança, Medvedev atacou seu adversário, que acabou sucumbindo, mandando para a rede o terceiro match point do russo.

"Foi um jogo louco", reconheceu Medvedev, que acumula sete vitórias consecutivas no ATP Finals.

Berrettini se retirou do torneio após uma lesão abdominal sofrida na primeira partida contra Zverev.

"Decidi parar. Estou arrasado, nunca pensei que teria que desistir do torneio de tênis mais importante organizado na Itália como este", lamentou Berrettini em uma mensagem divulgada pela ATP.

"Jogamos este torneio pelo Matteo. Em primeiro lugar, ele é um grande jogador, mas também uma pessoa incrível, lamento que ele não tenha podido jogar", disse Sinner, que terá de vencer seu segundo jogo, contra Medvedev, para ter uma chance de estar nas semifinais.

alu/pm/mcd/lca/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos