Mega Millions: bilhete único leva prêmio de R$ 7,02 bilhões, segundo maior da loteria americana

Depois de 25 rodadas consecutivas sem um vencedor, um bilhete único levou o prêmio acumulado de US$ 1,35 bilhão, o equivalente a R$ 7,02 bilhões, na loteria americana Mega Millions. O sorteio, realizado na noite de ontem, rendeu a um morador do estado do Maine, nos Estados Unidos, o segundo maior da história do concurso – superando qualquer superstição de azar associada à sexta-feira 13.

Rombo de R$ 20 bilhões: Entenda o que pode acontecer com a Americanas após decisão da Justiça

Medidas anunciadas na quinta-feira: Pacote fiscal de Haddad depende de amplo esforço, dizem especialistas

“Parabéns à Maine State Lottery, que acaba de ganhar seu primeiro jackpot da Mega Millions. É o quarto prêmio de bilhões de dólares na história da Mega Millions”, disse Pat McDonald, diretor principal do consórcio Mega Millions, em comunicado.

O prêmio bilionário estava acumulando desde outubro do ano passado, já que apenas agora um bilhete acertou todos os seis números da cartela. Com isso, o próximo sorteio, marcado para o dia 17, volta para o valor inicial, de US$ 10,7 milhões, o equivalente a R$ 54,48 milhões. É possível realizar apostas de fora dos Estados Unidos.

A Mega Millions, porém, funciona de maneira diferente da loteria brasileira. O ganhador tem duas opções na hora de receber a quantia. O vencedor de ontem poderá escolher entre receber o valor principal de US$ 1,35 bilhão em parcelas anuais ao longo de 29 anos ou um valor consideravelmente menor, mas de uma vez só. Em geral, esta é a escolhida pelos vencedores.

207,8 milhões de habitantes: O que os números da prévia do Censo mostram sobre o Brasil

A quantia sorteada ontem que poderá ser sacada de uma só vez é de US$ 707,9 milhões. No Brasil, isso equivale a mais de R$ 3,6 bilhões. Os vencedores da aposta também estão submetidos a impostos federais e estaduais, o que leva à redução do prêmio.

Os números sorteados ontem que renderam o prêmio bilionário foram 30, 43, 45, 46 e 61 e a "Mega Ball" 14 de ouro. As chances de levar o prêmio principal nesta sexta eram de 1 em 302,6 milhões. Para comparação, a probabilidade de uma pessoa morrer em um ataque de tubarão, 1 em 3,7 milhões, é quase cem vezes maior que a de ganhar o prêmio, de acordo com dados do Arquivo Mundial sobre Ataques de Tubarões.

Mesmo com o alto valor, os R$ 7,02 bilhões não são o maior sorteio da Mega Millions. O prêmio mais valioso já concedido continua a ser o de US$ 1,53 bilhão, que rendeu o equivalente a R$ 7,79 bilhões na cotação atual a um bilhete único do estado americano da Carolina do Sul, em outubro de 2018. Em relação a todas as loterias da história dos Estados Unidos, a cifra de ontem é a quarta mais alta.