Mega Millions: loteria americana acumula novamente e prêmio chega a R$ 7,02 bilhões

A loteria americana Mega Millions realizou mais um de seus famosos sorteios na noite desta terça-feira. Como ninguém acertou os seis números, o prêmio acumulou mais uma vez e saltou de US$ 1,1 bilhão para US$ 1,35 bilhão, o equivalente R$ 7,02 bilhões. Com isso, o montante já é o segundo maior da História do concurso.

Entenda: Ex-dono do Chelsea, oligarca russo Roman Abramovich transferiu ativos aos filhos para evitar sanções

Mais: Em relatório, Banco Mundial alerta para risco de recessão global neste ano

Os números sorteados foram 7, 13, 14, 15, 18 e a "Mega Ball" 9 de ouro. Ao todo, já foram 25 sorteios sem um vencedor. As chances de levar o prêmio principal são de 1 em 302,6 milhões.

A Mega Millions funciona de maneira diferente da loteria brasileira. O ganhador tem a opção de escolher entre duas formas de receber a quantia. Ele pode optar por receber o valor principal de US$ 1,35 bilhão em parcelas anuais ao longo de 29 anos, mas também é possível receber um valor consideravelmente menor, mas de uma vez só. Em geral, esta é a escolhida pelos vencedores.

No próximo sorteio, programado para a próxima sexta-feira, a quantia poderá ser sacado de uma só vez é de US$ 707,9 milhões. No Brasil, isso equivale a mais de R$ 3,6 bilhões.

Os vencedores da aposta também estão submetidos a impostos federais e estaduais, o que também leva a redução do prêmio. É possível realizar apostas de fora dos Estados Unidos.

As chances de uma pessoa morrer em um ataque de tubarão, 1 em 3,7 milhões, são quase cem vezes maiores que a de ganhar o prêmio, de acordo com dados do Arquivo Mundial sobre Ataques de Tubarões.