Meghan e Harry são vaiados em aparição da duquesa no Reino unido

Meghan Markle e Harry foram recebidos com vaias em seu retorno a Londres, nesta quinta-feira. O casal está na cidade para o Endeavour Fund Awards, realizado na Mansion House.

Segundo a cobertura da agência de notícias Reuters, houve uma vaia alta por parte da multidão que acompanhava o evento do lado de fora, quando o casal sorridente chegou segurando um guarda-chuva em meio à chuva e a uma explosão de flashes de câmeras de fotógrafos em massa.

A premiação da qual participaram reconhece as realizações de militares feridos ou doentes e de mulheres que participaram de notáveis desafios esportivos e de aventura. A participação do casal é um dos últimos compromissos antes de deixarem de atuar como membros da família real.

Harry, sexto na fila do trono, realizará um compromisso solo na sexta-feira, quando abrir um novo museu dedicado ao automobilismo britânico, ao qual se juntará o campeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton.

Na próxima semana, Harry, 35, e Meghan, 38, farão o que se espera ser sua última aparição oficial ao lado de outros membros da realeza, incluindo a rainha Elizabeth II, de 93 anos, o pai de Harry, o príncipe Charles, herdeiro do trono, e seu irmão, o príncipe William, no serviço anual da Commonwealth, na abadia de Westminster, em Londres.

Os jornais britânicos informaram que a rainha ficou triste por ter visto tão pouco do filho de Harry e Meghan e Archie, seu oitavo bisneto, que permaneceu no Canadá.

Harry e a rainha tiveram uma reunião para discutir seu futuro em sua casa no Castelo de Windsor no fim de semana passado, confirmou uma fonte real, com o tabloide Sun relatando que foi uma conversa "de coração para coração", na qual ela disse que ele sempre seria bem-vindo a se juntar novamente.