Meghan Markle chega a um acordo com agência processada por fotos de seu filho

·1 minuto de leitura
A duquesa de Sussex e ex-atriz americana, Meghan Markle

A duquesa de Sussex, a ex-atriz americana Meghan Markle, chegou a um acordo, validado nesta sexta-feira (18) em um tribunal britânico, com uma agência de notícias que ela havia processado por fotos com seu bebê tiradas sem autorização.

A Splash News and Picture Agency, presente no Reino Unido e Estados Unidos, divulgou em janeiro uma foto tirada no Canadá da esposa do príncipe Harry com seu filho Archie.

Meghan estava lá após ter deixado o Reino Unido depois que ela e Harry anunciaram sua intenção de abandonar suas responsabilidades no berço da família real. O príncipe, cuja mãe Diana morreu sendo perseguida pelos paparazzi em Paris em 1997, alegou a enorme pressão que a imprensa britânica coloca sobre a realeza.

Em uma audiência nesta sexta-feira na Alta Corte de Londres, a defesa da duquesa anunciou um acordo com a agência, que agora está em suspensão de pagamentos.

"Os administradores da Splash UK se comprometeram que a Splash UK, se sair da falência, não fará fotografias do duque e da duquesa e seu filho no futuro", afirmou a advogada Jenny Afia.

Harry e Meghan vivem agora na Califórnia e assinaram importantes contratos com a Netflix e Spotify para produzir filmes e podcasts.

O casal está envolvido em vários processos contra jornais sensacionalistas que eles acusam de violar sua privacidade.

gmo-acc/me/aa