Meia descontraída usada por Alckmin em Brasília viraliza nas redes: 'Ele tá mais feliz'

Político tradicional conhecido pelo extremo formalismo com que conduz sua carreira e seus discursos, Geraldo Alckmin chamou a atenção nesta quinta-feira por causa da meia descontraída que usava durante o discurso de Lula, que visitava pela primeira vez o gabinete de transição, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). A foto da peça, preta com bolinhas brancas, viralizou nas redes sociais e rendeu elogios ao vice-presidente eleito.

Uma apoiadora do presidente Lula deu destaque ao acessório em uma postagem no Twitter, que em poucas horas começou a repercutir na rede, com mais de 40 mil curtidas. Outros influenciadores, como o ator Gregório Duvivier, também repercutiram o uso do acessório. Outra internauta brincou: "Ele tá mais feliz no Brasil da Esperança", disse, em referência ao lema da campanha petista.

Lula estava com um terno comum, mas, ao encerrar sua fala, voltou ao microfone para avisar sua roupa prioritária durante a Copa do Mundo: a camisa da seleção brasileira, que nos últimos anos ficou associada ao bolsonarismo.

— Um aviso importante para vocês. A gente não tem que ter vergonha de vestir a nossa camisa verde e amarela. O verde-e-amarelo não é de candidato, não é de um partido. São cores de 213 milhões de habitantes. Portanto, vocês vão me ver com a camisa, mas a minha terá o número 13.