Melhores momentos da ginástica feminina brasileira nas Olimpíadas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Daiane dos Santos nas Olimpíadas de 2004, em Atenas (ODD ANDERSEN/AFP via Getty Images)
Daiane dos Santos nas Olimpíadas de 2004, em Atenas (ODD ANDERSEN/AFP via Getty Images)

Em busca de seu primeiro pódio, o Brasil chega para as Olimpíadas de Tóquio com duas atletas na ginástica artística feminina. Para tentar fazer história no Japão, Flávia Saraiva e Rebeca Andrade buscam inspiração no passado. Relembre os 5 melhores momentos da ginástica artística feminina brasileira nas Olimpíadas.

1. Daiane dos Santos - 5º lugar no solo - Atenas-2004

Ao som de brasileirinho, Daiane dos Santos chegou para as Olimpíadas de Atenas-2004 como o grande nome do solo no mundo. Campeã mundial em 2003, a atleta chegou para a final de seu aparelho preferido e não conseguiu a sonhada medalha. Com alguns erros nas aterrissagens, Daiane acabou fechando sua participação nas Olimpíadas de 2004 com o quinto lugar, melhor colocação de uma brasileira em edições olímpicas.

Leia também:

2. Flávia Saraiva - 5º lugar na trave - Rio-2016

Competindo em casa, Flávia Saraiva igualou a melhor marca da história da ginástica artística feminina do Brasil em Olimpíadas. Na trave de equilíbrio, a brasileira completou a final com 14.533 e terminou a competição com a quinta colocação geral, mesmo resultado que Daiane dos Santos conseguiu em 2004 em Atenas.

3. Daiane dos Santos - 6º lugar no solo - Pequim-2008

Depois de conseguir o melhor resultado do Brasil em Olimpíadas para a ginástica artística feminina, Daiane dos Santos foi para Pequim-2008 como bicampeã mundial do solo e com a expectativa alta para chegar no pódio. Apesar disso, Daiane voltou a cometer alguns erros e terminou a prova com a sexta colocação geral, fazendo o segundo melhor resultado do Brasil na história da ginástica artística feminina nas Olimpíadas.

4. Equipe feminina - 8º lugar - Pequim-2008

Nas Olimpíadas de Pequim-2008, a equipe feminina do Brasil conquistou sua primeira final. O time formado por Ana Silva, Daiane dos Santos, Lais Souza, Jade Barbosa, Ethiene Barbosa e Daniele Hypolito terminou com a oitava posição geral, terceira melhor posição do país nas competições de ginástica artística nas Olimpíadas.

5. Rebeca Andrade - 11ª colocada no individual geral - Rio-2016

Nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, Rebeca Andrade também conseguiu uma colocação histórica para o Brasil. Na disputa do individual geral, a brasileira conseguiu somar 59.965 e terminou a competição com a 11ª posição geral. O resultado foi o melhor do país na modalidade na disputa do individual geral nas Olimpíadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos