Membro de conselho relata à CPI surpresa com retirada de pauta de parecer sobre hidroxicloroquina

·1 min de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  17-08-2021, 12h00: CPI DA COVID. O senador Renan Calheiros (D) (MDB-AL) é o relator da CPI. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 17-08-2021, 12h00: CPI DA COVID. O senador Renan Calheiros (D) (MDB-AL) é o relator da CPI. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em depoimento à CPI da Covid, o representante do Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde) Elson Chaves afirmou que causou "surpresa" a retirada de pauta, de última hora, da análise de um parecer sobre a hidroxicloroquina na reunião da Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS).

Chaves é o representante do Conasems na Conitec.

No dia 7 de outubro, reunião da Conitec analisaria o parecer do médico Carlos Carvalho sobre o uso da hidroxicloroquina e outros medicamentos para o tratamento da Covid-19. Senadores da CPI da Covid apontaram interferência do Palácio do Planalto na retirada de pauta do parecer.

"Nós nos surpreendemos com a manifestação do doutor Carlos Carvalho. Por isso solicitamos justificativas plausíveis para o pedido de retirada de pauta. [Houve surpresa] porque a matéria estava na pauta e recebemos o documento técnico", afirmou Chaves.

"Nós no Conasems estávamos ansiosos na expectativa de já analisar o documento. É uma expectativa dos gestores de saúde ter uma posição técnica para que a gente possa organizar os serviços e orientar os profissionais. Por isso a nossa surpresa", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos