Membros do MDB de Tebet fazem campanha com Lula nos estados

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Caciques do MDB, sigla de Simone Tebet à corrida presidencial, fazem campanha com Lula nos estados. (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Caciques do MDB, sigla de Simone Tebet à corrida presidencial, fazem campanha com Lula nos estados. (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Enquanto Simone Tebet (MDB) anunciava o nome da sua vice na chapa presidencial, a senadora Mara Gabrilli (PSDB), uma das maiores lideranças do MDB, o ex-senador Eunício Oliveira, publicou um vídeo nas redes sociais no palanque de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O líder do partido no Ceará disputará uma vaga na Câmara Federal e já escolheu trocar apoio com o petista na corrida eleitoral.

A manifestação de Eunício foi feita nesta terça-feira, 2. A publicação trouxe imagens da participação dele no ato promovido pelo PT em Fortaleza no domingo, 31 de agosto.

“O Ceará quatro vezes mais forte, com @CamiloSantanaCE senador, @elmanofreitaspt governador, @LulaOficial presidente e Eunício deputado federal! Vamos juntos com o time que trabalhou e que trabalha para o Ceará continuar crescendo!”, escreveu Eunício.

Ainda na terça, outro nome do MDB aparecia ao lado de Lula em Campina Grande, na Paraíba. Em ato público, o ex-presidente declarou apoio a Veneziano do Rêgo, pré-candidato ao governo da Paraíba.

Na abertura do discurso em Campina Grande, Lula agradeceu ao senador Veneziano por ter defendido o apoio à chapa formada com Geraldo Alckmin (PSB) ainda no primeiro turno.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

“Mesmo o MDB tendo candidata a presidente, eles resolveram nos apoiar aqui no estado da Paraíba e eu agradeço de coração o gesto de coragem, de destemor que você teve, Veneziano", disse o petista.

O apoio dos emedebistas ao ex-presidente não é novidade. Pelo menos 11 lideranças de diretórios do MDB declararam apoio à pré-candidatura de Lula, em encontro com o petista realizado no dia 18 de julho.

Além de Eunício e Veneziano, aparecem entre os dissidentes nomes como o do líder da bancada do MDB no Senado e pré-candidato ao governo do Amazonas Eduardo Braga; o senador Renan Calheiros; o atual governador de Alagoas Paulo Dantas; e o líder do partido na Câmara Isnaldo Bulhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos