Membros de partido de oposição do Canadá rejeitam proposta para reconhecer mudanças climáticas

·1 minuto de leitura

TORONTO (Reuters) - Membros do principal partido de oposição do Canadá, o Partido Conservador, rejeitaram proposta para reconhecer a veracidade das mudanças climáticas, em uma derrota para o novo líder da sigla na sua iniciativa de aproximação a políticas amigáveis ao meio ambiente de olha em provável eleição federal neste ano.

A moção rejeitada incluía a disposição para agir contra os riscos climáticos e para fazer com que as empresas canadenses altamente poluentes se responsabilizassem por emissões de gases do efeito estufa.

O líder conservador Erin O'Toole havia convocado os membros do partido na sexta-feira a se reunirem em torno de uma ambiciosa agenda climática para evitar uma derrota para os Liberais.

O líder pediu que os membros se abrissem a novas ideias se quiserem derrotar os Liberais na próxima eleição, mesmo se isso for contra o pensamento convencional do partido, e afirmou que não quer que os candidatos Conservadores sejam rotulados de "negacionistas de mudanças climáticas".

(Reportagem de Denny Thomas)