Memorial da Despedida: SP recebe instalação para homenagear vítimas da covid

·3 minuto de leitura
Praça Roosevelt com mural do Memorial da Despedida. Foto: Reprodução
Praça Roosevelt com mural do Memorial da Despedida. Foto: Reprodução
  • Obras estarão expostar por um mês na Praça Roosevelt, no Centro

  • Serão colocados milhares de cataventos para lembrar mortos da capital paulista

  • Um mural de autoria de duas artistas já foi pintado no local

Diversos cataventos serão instalados na Praça Roosevelt, no centro de São Paulo, para homenagear as vítimas de covid-19. A obra faz parte do Memorial da Despedida, uma iniciativa da Prefeitura.

A abertura estava marcada para o último domingo e teria um cortejo de amigos e familiares das vítimas com artistas circenses e músicos. Por conta das condições climáticas, foi adiado para o dia 6 de outubro, quarta-feira, às 11h.

Além dos objetos, o local também tem intervenções artísticas de Negana e Carol Carreiro, que pintaram ilustrações de corações em mais de mil metros de muro.

Diversos corações foram pintados nos muros da praça. Foto: Reprodução
Diversos corações foram pintados nos muros da praça. Foto: Reprodução

O Memorial será também um momento de despedida para as famílias, muitas que não conseguiram se despedir de seus entes queridos da maneira desejada por conta das restrições aos funerais.

No começo da pandemia, a administração municipal restringiu os horários de funcionamento de casas funerárias para evitar o contágio pelo vírus. Dessa forma, rituais foram realizados de maneira limitada.

Leia também:

Em setembro deste ano, foram liberadas cerimônias que ocorressem 20 dias após o contágio da vítima. No entanto,a duração máxima segue sendo de uma hora.

Durante um mês - até o Dia de Finados - os cataventos estarão expostos na praça. Os itens foram fabricados por membros da Escola de Samba Vai-Vai a partir de material reciclado obtido por meio da cooperativa Recifavela.

Os cataventos foram confeccionados com material reciclado. Foto: Reprodução
Os cataventos foram confeccionados com material reciclado. Foto: Reprodução

A ideia da prefeitura é que as famílias que visitarem a praça aos finais de semana recebam fitas coloridas para escrever o nome das vítimas e amarrá-las nos cataventos. Ao final da exposição, os familiares poderão levar o catavento correspondente para casa. foram instalados na Praça Roosevelt, no centro de São Paulo, para homenagear as vítimas de covid-19.

O Memorial da Despedida é uma iniciativa da Prefeitura para lembrar os 38 mil mortos pela doença na capital paulista. Será também um momento de despedida para as famílias, muitas que não conseguiram se despedir de seus entes queridos da maneira desejada por conta das restrições aos funerais.

No começo da pandemia, a administração municipal restringiu os horários de funcionamento de casas funerárias para evitar o contágio pelo vírus. Dessa forma, rituais foram realizados de maneira limitada.

Em setembro deste ano, foram liberadas cerimônias que ocorressem 20 dias após o contágio da vítima. No entanto,a duração máxima segue sendo de uma hora.

Durante um mês - até o Dia de Finados - os cataventos estarão expostos na praça. Os itens foram fabricados por membros da Escola de Samba Vai-Vai a partir de material reciclado obtido por meio da cooperativa Recifavela.

Além dos objetos, o local também terá intervenções artísticas de Negana e Carol Carreiro, que pintaram ilustrações de corações em mais de mil metros de muro.

A abertura do memorial no último domingo contou com um cortejo de amigos e familiares das vítimas com artistas circenses e músicos. Na parte da noite, velas foram acesas.

A ideia da prefeitura é que as famílias que visitarem a praça aos finais de semana recebam fitas coloridas para escrever o nome das vítimas e amarrá-las nos cataventos. Ao final da exposição, os familiares poderão levar o catavento correspondente para casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos