Mendonça pede ao Ministério da Saúde que policiais tenham prioridade na vacinação

CAMILA MATTOSO
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro André Mendonça, da Justiça e Segurança Pública, enviou um ofício ao Ministério da Saúde pedindo que policiais sejam incluídos na fila de prioridade de vacinação contra a Covid-19. Conforme publicou o jornal Folha de S.Paulo, secretários de Segurança Pública se incomodaram quando a Saúde afirmou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que a imunização de presos seria realizada antes da dos profissionais de segurança. O documento de Mendonça foi enviado na manhã desta segunda-feira (22). O destinatário era Eduardo Pazuello, que foi exonerado da pasta apenas no meio da tarde, quando Marcelo Queiroga teve nomeação publicada em edição extra do "Diário Oficial da União". O titular da Justiça cita no ofício a situação de vulnerabilidade dos que estão trabalhando nas ruas e fala em altos riscos de contaminação.