Menina de cinco anos morre após ser baleada na porta de casa em Niterói

O Globo
·2 minuto de leitura

RIO — Uma menina de cinco anos morreu após ser atingida por uma bala perdida em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, na manhã desta terça-feira. A vítima foi identificada como Ana Clara Machado e morava na comunidade do Monan Pequeno, no bairro de Pendotiba. Segundo a secretaria estadual de Saúde, Ana chegou a ser levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL) mas foi a óbito às 11h53.

Em entrevista ao portal "Plantão em Foco", a mãe da menina, Cristiane Gomes, conta que a filha estava brincando na porta de casa quando foi baleada.

— A gente tinha acabo de acordar. Eu abri a porta para ela e o irmão, de dois anos, ficarem me esperando estender a roupa. Quando eu fui para dentro de casa, escutei os tiros. Só deu tempo de correr. Consegui pegar meu filho e colocar no quarto, mas quando fui pegar minha filha ela já estava caída no chão desacordada — disse.

Segundo a PM, a vítima teria sido atingida por um disparo durante uma troca de tiros entre policiais e criminosos. A Polícia Militar informou que uma equipe estava fazendo patrulhamento na Estrada do Monan Pequeno para verificar informações sobre roubos de veículos, carga e transeuntes. Os PMs teriam sido surpreendidos por cinco suspeitos, que fizeram disparos contra eles.

Ainda de acordo com a corporação, a equipe da PM revidou e os criminosos fugiram em diração a comunidade. Os agentes teriam continuado o patrulhamento e foram novamente alvo de disparos. Em seguida, moradores

A equipe da Polícia Militar revidou e os homens fugiram para a região mais alta no interior da comunidade. Os PMs continuaram o patrulhamento e foram novamente alvos de disparos. Em seguida, moradores pediram socorro para uma criança baleada.

A plataforma Fogo Cruzado RJ destacou que Ana Clara é a quarta criança baleada este ano no Grande Rio. O dado foi publicado num postagem nas redes sociais com a notícia da morte da menina.

"4ª criança baleada em 2021 no Grande Rio: Ana Clara Machado, de 5 anos, estava brincando com o primo na porta de casa, em Pendotiba, Niterói, quando foi atingida. Ana chegou a ser socorrida, mas não resistiu. No momento, havia operação policial na região", escreveu.