Menina com doença rara pede cadeira de rodas ao Papai Noel e tem pedido realizado

Reprodução/Greyce Coli

Nesta última terça-feira, uma menina teve seu sonho realizado em pleno Natal. Patrícia Kelly de Jesus da Paixão possui deficiência física e seu sonho era ganhar uma cadeira de rodas para se locomover. Após uma corrente realizada nas redes sociais, o desejo enfim se concretizou.

A menina de 6 anos mora com os pais em Feira de Santana, na Bahia. Ela sofre de osteogênese imperfeita, uma doença rara e incurável que deixa os ossos do corpo extremamente frágeis.

“Recebi o diagnóstico ainda na gestação. Quando ela nasceu, já tinha sofrido doze fraturas dentro do útero”, contou a mãe Jucélia de Jesus Nascimento em entrevista ao G1.

Patrícia se rastejava depois que sua cadeira de rodas antiga ficou pequena. O equipamento, além disso, não era adaptado para a sua condição, prejudicando seu bem-estar.

“Ela não tinha apoio para os braços, mal conseguia pegar no lápis. Além disso, a carteira não tem o suporte que ela necessita, especialmente nas laterais. A qualquer momento ela Patrícia poderia cair e sofrer mais uma fratura”, continuou a mãe.

Diante das dificuldades, Patrícia e Jucélia escreveram uma carta para o Papai Noel, onde desejaram uma cadeira de rodas adequada para o seu problema. A mensagem foi levada diretamente para Luís Alberto Hobst, um aposentado que trabalha como Papai Noel há 11 anos.

Naquele ano, Luís não conseguiu atender o pedido da menina. Mesmo assim, ele guardou a carta e diz ter pensado nela ao longo de todo o ano. Meses depois, ele foi convidado para fazer um ensaio com uma fotógrafa e contou a história. “Perguntei para ele como era o trabalho, se ele se divertia, se emocionava com as histórias, essas coisas. Então ele contou a história da cartinha e comecei a pensar em uma forma de ajudar”, explicou a fotógrafa Greyce Coli.

A improvável parceria entre Papai Noel e fotógrafa vingou e rapidamente se tornou em uma corrente do bem. A dupla entrou em contato com um amigo, o empresário Bruno Leal que, comovido, decidiu comprar a cadeira e doá-la para a menina.

“A gente vê tanta criança pedindo coisas supérfluas e ela queria uma cadeira de rodas para poder estudar, para viver com mais tranquilidade. Isso me sensibilizou e resolvi ajudar”, disse o homem.

Neste Natal, Luís decidiu entregar a cadeira devidamente vestido de Papai Noel. A garota foi convidada por Greyce para um ensaio, onde foi presenteada pelo bom velhinho, emocionando todos no local.

“Eu já me emocionei muito como Papai Noel, mas desta vez foi diferente. Mal consegui segurar as lágrimas. Sou só um aposentado que gosta de brincar com a criançada e é muito gratificante saber que, de alguma forma, ajudei alguém que precisasse tanto”, contou Luís.

“Eu senti uma coisa muito boa no meu coração quando vi o Papai Noel chegando com a cadeira. Realizei o meu sonho”, comemorou a menina.  “Esse foi o melhor Natal da nossa família. Eu nem acreditei que poderia ser verdade, porque passou um ano e não recebemos nenhum retorno. Isso mostra que nunca devemos perder a nossa esperança”, encerrou a mãe.