Menina com paralisia cerebral salva irmão de afogamento

Reprodução/Twitter

Uma menina com paralisia cerebral que não anda e nem fala salvou o irmãozinho, de apenas um ano, que se afogava na piscina.

Lexi Comeau-Drisdelle, que mora em Dartmouth, na Escócia, percebeu que havia algo errado com o o pequeno Leeland quando o viu pular na piscina sozinho.

A garotinha fez o que podia: gritou alto para alertar a família de que algo grave estava aconteceu. A avó correu rapidamente em direção à neta, mas não viu o bebê por perto. Lexi, então, continuou gritando e apontando para a porta que dá acesso à piscina.

“Quando minha mãe me contou o que estava acontecendo, rapidamente olhei pela janela e lá, na borda da piscina, vi a cabecinha dele. Entrei em pânico e minha mãe rapidamente correu na direção dele e o puxou para fora”, disse a mãe de Lexi e Leeland, Kelly Jackson à CNN.

“Naquele momento, foi tão assustador. Nós pensamos que não ia acabar bem. Nós o abraçamos um milhão de vezes. Em dois segundos uma vida pode mudar e estamos agradecidos por Lexie ter sido tão rápida em nos alertar”, completou a mãe.

Lexi recebeu uma homenagem do Conselho Regional de Halifax e do departamento de polícia da cidade por seu ato heroico.

“Heróis vêm em todos os tamanhos. Foi um enorme prazer homenagear a jovem Lexi por alertar sua mãe quando o irmão dela pequeno caiu na piscina”, diz a postagem.