Menina estuprada em presídio visitava o pai em ala de presos por crimes sexuais

Imagem meramente ilustrativa. Pixabay

A criança de 11 anos estuprada dentro de um presídio no Ceará visitava o pai, acompanhada da mãe, em ala restrita para presos que cumprem pena por crimes sexuais. O pai da criança responde por crime desta natureza. As informações são do G1.

O estupro ocorreu dentro da unidade, durante o horário de visitas, no último sábado (13). Devido à repercussão do caso, a Secretaria de Justiça do Ceará (Sejus) suspendeu visita de crianças a todos os internos que respondam por crimes contra a dignidade sexual, na unidade.

Em nota, a Sejus informou que a visita de filhos e netos de internos é garantida pela “Lei de Execução Penal e sempre transcorreu normalmente, desde que as crianças estejam acompanhadas pelas responsáveis legais e que estejam cadastradas no Núcleo de Cadastro de Visitantes para tal fim”.