As meninas que mataram o pai

Três irmãs adolescentes que mataram o pai à facadas, em julho de 2018, relataram que apanhavam ‘quase todos os dias’, além de serem vítimas regulares de abuso sexual. O caso levantou debates sobre o terrível histórico da Rússia em violência doméstica e provocou protestos.