Menino de 10 anos com 195 kg arrecada R$ 100 mil em vaquinha para cirurgia, em SC

Louise Queiroga
·2 minuto de leitura

A família de um menino de 10 anos, que pesa 195 kg, conseguiu arrecadar R$ 100 mil através de uma vaquinha online para que ele possa ser operado em Florianópolis, numa tentativa de encerrar problemas de obesidade que começaram desde seu nascimento. Morador de Chapecó (SC), Matheus Fetter da Rosa nasceu com mais de 3 kg e, com apenas um mês de vida, tinha cerca de 7 kg, aumentando para 50 kg aos 10 meses. Agora, a mãe dele, Gabriela Renata Fetter, celebra a oportunidade do filho passar uma cirurgia bariátrica, que representa para ela e a criança, a esperança por uma vida saudável.

Em postagens nas redes sociais feitas desde que Matheus tinha 2 anos, Gabriela pede ajuda de internautas para que o caso do filho fosse avaliado por médicos. Segundo ela, ainda não há uma explicação científica que explique por que o menino adquiriu tanto peso em pouco tempo de vida. Gabriela conta que não importa o que Matheus consuma, ele acaba engornando mais do que os níveis normais para uma criança de sua idade.

No sábado, dia 13, Gabriela postou no Instagram @ajudematheus_, em que é divulgada a campanha, que, apesar de ter os preparativos para a operação já terem começado, "não está sendo fácil tudo que está acontecendo". A mãe relatou que, embora esteja ali com o Matheus, há momentos em que ele chora e diz querer voltar para casa.

"Cremos que tudo isso passe logo e possamos votar com nosso menino", acrescentou.

O médico Jeferson Diel, que topou fazer a cirurgia gratuitamente para Matheus depois de conhecer sua história, explicou que, antes do procedimento, foi necessário haver uma série de avaliações clínicas.

Ainda que o médico não tenha cobrado pelo serviço, a mãe de Matheus relatou que há vários outros custos envolvidos, como hospedagem e outros serviços de saúde, que incluem uma equipe multidisciplinar para atuar no caso do paciente antes, durante e depois da cirurgia.

— A vida dele vai passar por uma transformação para melhor, a gente pensa dessa forma — afirmou o médico por meio de um vídeo postado recentemente no Instagram. — A gente vai seguir todos os preceitos básicos da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica Metabólica, da Federação Internacional de Cirurgias de Obesidade e do IBC, International Bariatric Club.

Diel acrescentou que as organizações mencionadas servem de guia para o procedimento e sua segurança em todo o mundo. Segundo ele, a cirurgia está prevista para ocorrer nesta semana.

— O Matheus é um menino muito querido, muito forte, passou por um período da vida dele que agora nós vamos tentar resolver da melhor forma possível. A cirurgia bariátrica por si só não é a resolução da situação toda por completo. É sim importante saber que o Matheus vai ter uma recuperação multidisciplinar depois dessa operação, um acompanhamento para isso. Então todas as pessoas que ajudaram e querem ajudar ainda o Matheus são bem-vindas.