Menino de 11 anos morre após ser atingido por trave de campo de futebol no MT

O acidente aconteceu na terça-feira (6), no entanto, a Polícia Judiciária Civil registrou a ocorrência somente nesta quarta-feira (7) como morte a esclarecer sem indícios de crime. Foto: Getty Images.
O acidente aconteceu na terça-feira (6), no entanto, a Polícia Judiciária Civil registrou a ocorrência somente nesta quarta-feira (7) como morte a esclarecer sem indícios de crime. Foto: Getty Images.
  • Acidente aconteceu em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, no Mato Grosso (MT);

  • O menino jogava bola no mini estádio do bairro quando se pendurou na trave;

  • Um primo da criança informou que ele apresentava sangramentos na boca e nos ouvidos.

O menino Vytor Hugo Alexandre, de 11 anos, morreu depois de ser atingido por uma trave de um campo de futebol localizado no Parque Ouro Branco, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, no Mato Grosso (MT).

O acidente aconteceu na terça-feira (6), no entanto, a Polícia Judiciária Civil registrou a ocorrência somente nesta quarta-feira (7) como morte a esclarecer sem indícios de crime.

De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o menino jogava bola no mini estádio do bairro quando se pendurou na trave. A estrutura que era de madeira caiu e atingiu a cabeça da criança, o que causou lesões graves. Segundo a DHPP, Vytor sofreu traumatismo craniano.

De acordo com a polícia, um primo da criança informou que ele apresentava sangramentos na boca e nos ouvidos.

Ainda conforme a polícia, quando os familiares tomaram conhecimento da queda, levaram o menino para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG), onde ele passou por procedimento de tentativa de reanimação cardiopulmonar por aproximadamente 35 minutos. Porém, não resistiu.

A TV Centro América afiliada da Rede Globo no MT, entrou em contato com a Prefeitura de Várzea Grande, que informou que apura se o local do acidente é público ou não, quais providências serão tomadas e se foi notificada pela Polícia Civil. O município deve se manifestar em breve.

O sepultamento da criança estava marcado para acontecer nesta quinta-feira (8).