Gabigol sai em defesa de menino de 9 anos hostilizado por torcedores do Santos: 'amor pelo futebol pode ser maior que qualquer rivalidade!'

·1 min de leitura

Gabigol, atacante do Flamengo, saiu em defesa do torcedor do Santos Bruninho, de 9 anos, que foi hostilizado por parte da torcida do Santos no clássico com o Palmeiras após pedir e conseguir a camisa de Jailson, goleiro palmeirense. O jogador rubro-negro publicou em seu Twitter que irá enviar uma camisa sua para o menino.

A atitude do menino no último domingo causou indignação de alguns torcedores, que foram cobrar explicações ao pai e ao garoto por querer a camisa do rival. A polícia teve de conter os ânimos, apesar de a maioria ter ficado a favor de Bruninho.

O vídeo repercutiu nas redes sociais e Bruninho publicou um pedido de desculpas. O menino explicou que gosta muito dos goleiros do Palmeiras, mas reafirmou que não é palmeirense. Ele disse que devolveria a camisa para que parassem de xingá-lo pelo gesto. Além dos xingamentos, o garoto recebeu apoio nas redes de outros santistas e torcedores de outros clubes.

Nesta terça-feira, o Santos convidou Bruninho para assistir ao jogo contra o Brgantino de um dos camarotes da Vila Belmiro, na quarta-feira. Em nota, o clube lamentou o caso.

"O Santos FC já entrou em contato com Moises, o pai do Bruno do Nascimento, para minimizar o impacto dos transtornos causados por poucos torcedores exaltados no final do jogo com o Palmeiras. Para manter sua paixão pelo Peixe, Bruninho foi convidado para assistir ao jogo com o Red Bull Bragantino, nesta quarta-feira na Vila Belmiro, desta vez no camarote. O Clube não compactua com qualquer tipo de violência e se solidariza com a criança, que é um dos mais novos Meninos da Vila, conhecido pelo elenco, por sempre estar apoiando o time no portão do CT Rei Pelé".



Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos