Mensagens indicam que líder do governo pediu dinheiro a empresário, diz PF

Eduardo Gomes (Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado)
Eduardo Gomes (Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado)

Um relatório da PF (Polícia Federal) apontou pedidos de dinheiro do senador licenciado Eduardo Gomes (PL-TO) a um empresário, Jorge Rodrigues Alves. A informação é do jornal o Globo.

De acordo com a corporação, o senador, que é líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso, ainda se prontificou a atender um pedido do empresário para adiar uma portaria do Inmetro.

Em nota, Gomes disse que os pedidos de dinheiro se tratavam de empréstimos e não têm relação com nenhuma irregularidade.

As conversas foram encontradas pela PF no celular do empresário, apreendido durante a Operação Lavanderia —que investiga empresários de Tocantins por lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Ainda segundo o jornal, no relatório, a PF diz que Jorge "aparentemente" faz pagamentos ao senador e lhe pede favores de interesse da empresa.

O documento foi enviado para a Justiça Federal, e como o senador Eduardo Gomes tem foro privilegiado, o relatório foi mandado com pedido para ser remitido ao STF (Supremo Tribunal Federal).

"Há, por fim, diversas conversas entre Jorge e o senador Eduardo Gomes, indicando que Jorge aparentemente paga contas para o senador e lhe envia dinheiro, assim como lhe pede favores e intercessão em assuntos de suas empresas”, escreveu a PF.

Ao jornal O Globo, o empresário afirmou que não comenta investigações que correm sob sigilo.

A seguir, leia a íntegra do posicionamento do senador Eduardo Gomes:

"Jamais houve qualquer pagamento ou repasse ao senador Eduardo Gomes nos casos questionados. As mensagens trocadas são autoexplicativas: tratam-se de pedidos de empréstimos a um amigo, mas que não se efetivaram. Assim como não houve qualquer intermediação ou negócio irregular. No exercício do mandato, o senador somente dá seguimento a eventuais demandas quando estas são de interesse público, de forma transparente e responsável."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos