Homem armado com faca fere guarda e é abatido pela polícia em Jerusalém

(Atualiza com identidade do agressor e da vítima).

Jerusalém, 18 mar (EFE).- Um guarda de segurança israelense ficou gravemente ferido após um ataque com faca neste domingo na Cidade Velha de Jerusalém, enquanto seu agressor foi abatido pela polícia de Israel, informaram fontes médicas e de segurança.

"Um homem foi levado ao hospital depois de ser esfaqueado e ficar em condição crítica. O agressor foi neutralizado por um agente da polícia. O terrorista com faca foi atingido e morreu", disse à Agência Efe um porta-voz policial, que mais tarde detalhou que se tratou de um palestino.

O serviço de segurança interior israelense, Shin Bet, informou que o agressor de 28 anos é original da cidade cisjordaniana de Nablus, segundo o portal "Ynet".

O serviço de emergências Maguen David Adom (Estrela Vermelha de David) recebeu um alerta por volta das 17h (horário local, 12h de Brasília) e se deslocou ao local do incidente onde uma pessoa de cerca de 20 anos estava ferida por arma branca na parte superior do corpo, detalhou em comunicado.

A polícia qualificou o incidente de "ataque" e o agressor de "terrorista".

As forças de segurança também fecharam os acessos à cidade amuralhada, que se encontra na região oriental de Jerusalém, ocupada e anexada por Israel contra a postura da comunidade internacional, que a considera território palestino ocupado.

O incidente violento acontece dois dias depois de um atropelamento proposital na sexta-feira, quando um motorista palestino atingiu um grupo de quatro soldados, matando dois deles, no norte da Cisjordânia. EFE