Mercadante embarca para o Rio e pretende concluir equipe do BNDES

*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  08-12-2022, 12h00: Os ex- ministros Maria do Rosário e Aloizio Mercadante. O GT de Direitos Humanos da Transição durante coletiva de imprensa no CCBB.. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 08-12-2022, 12h00: Os ex- ministros Maria do Rosário e Aloizio Mercadante. O GT de Direitos Humanos da Transição durante coletiva de imprensa no CCBB.. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o fim da transição, o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, embarca para o Rio de Janeiro nesta quarta-feira (4) para concluir a montagem da sua equipe.

Ele pretende escolher uma servidora de carreira para a Diretoria de Operações, que engloba as áreas de Tecnologia da Informação e de Planejamento Estratégico. A ideia é priorizar mulheres, para garantir o equilíbrio nos cargos mais altos da instituição.

Mercadante foi o coordenador técnico da transição, e comandou o trabalho dos grupos setoriais do gabinete.

Ele anunciou os primeiros diretores da sua equipe em 21 de dezembro, em um almoço com um grupo de empresários. São eles: Alexandre Abreu, ex-presidente do Banco do Brasil e ex-presidente do Banco Original, José Gordon, da Embrapii, Natalia Dias, do Standard Bank, Luciana Costa, do Natixis, e Luiz Navarro, ex-ministro da CGU (Controladoria-Geral da União), Nelson Barbosa, ex-ministro da Fazenda no governo Dilma Rousseff (PT), e Tereza Campello, ex-ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, também na gestão Dilma. Antes, o BNDES tinha apenas uma diretora