Mercado de criptomoedas chega a metade do valor da Apple

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Bitcoin. (Foto: Getty Images)
Bitcoin. (Foto: Getty Images)

A recente valorização do bitcoin, que chegou à cotação recorde de US$ 38 mil, fez o valor de mercado total de criptomoedas superar US$ 1 trilhão – cerca de metade do valor da Apple, a empresa mais valiosa dos Estados Unidos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

No pico anterior, do final de 2017, o valor total estava em US$ 760 bilhões, segundo informações do site Coindesk, especializado na cobertura do mercado de criptos.

Leia também:

Desse total, o bitcoin representa cerca de 69% do valor de mercado, segundo o site de análises Messari.

A valorização atual do bitcoin e das criptomoedas é histórica, e seus recordes vêm sendo quebrados um após o outro.

O banco de investimentos JP Morgan, um dos maiores e mais tradicionais do mundo, emitiu nessa semana um documento com uma análise em que sugere que o valor de investimentos em criptos pode empatar com o do ouro, o que colocaria o valor do bitcoin na casa dos US$ 146 mil.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube