Mercado Livre irá vender carne, legumes e congelados em SP

·1 minuto de leitura
BRAZIL - 2021/08/06: In this photo illustration, the Mercado Livre logo seen displayed on a smartphone. (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
A novidade está prevista para ser disponibilizada aos usuários a partir da primeira quinzena de outubro
  • Parceria com a rede Mambo chegará primeiro a São Paulo

  • Produtos da rede poderão ser comprados pelo site do Mercado Livre

  • Parceria promete maior conforto na hora de realizar compras online.

O Mercado Livre dá mais um passo para expandir sua cartela de produtos. A companhia passará a ofertar produtos frescos, como carnes, laticínios, congelados e hortifrúti. Anunciada nesta quinta, 7, a expansão é fruto de uma parceria com a rede de supermercados Mambo.

Leia também:

Atualmente o gigante do e-commerce já tem disponíveis mais de 60 mil itens de alimentos e bebidas, além de produtos para animais de estimação e bebês. Agora se somam a isso, mercadorias perecíveis. 

Sob nova logística de transporte, em vez da entrega pelos correios, quem faz a entrega é o próprio Mambo. O consumidor conta com a possibilidade de envio gratuito ao fazer compras a partir de R$79, a depender do peso, distância, entre outros fatores.

"A parceria com o Mambo não mudará a forma com que o consumidor faz as suas compras em nossa plataforma. Pelo contrário, vai ampliar ainda mais o nosso sortimento. A única diferença é que os produtos do Mambo serão entregues pela própria companhia", disse Maria Eduarda Cyreno, diretora de marketplace do Mercado Livre no Brasil. "O consumidor fará a sua compra completa em um único carrinho e com um único frete."

A novidade está prevista para ser disponibilizada aos usuários a partir da primeira quinzena de outubro. Nesta primeira leva, serão atendidos os consumidores da Zona Oeste de São Paulo (SP) e será ampliada progressivamente para toda a cidade e Grande São Paulo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos