Mercado Livre terá que remover anúncios de agrotóxicos do seu site

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Pesticida. (Foto: Getty Images)
Pesticida. (Foto: Getty Images)

O Mercado Livre, um dos maiores sites de venda de produtos pela internet com atuação no Brasil, terá que remover de sua página qualquer anúncio de vendedores que estejam comercializando agrotóxicos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A decisão vem na esteira das conclusões da operação “Webcida”, que desde 2018 monitora a venda ilegal de pesticidas em grandes sites de comércio eletrônico no Brasil.

Leia também:

A comercialização online em sites de e-commerce desse tipo de produto é proibida. As informações são de reportagem do portal de notícias G1.

O acordo para a remoção dos anúncios foi firmado entre o Mercado Livre e o Ministério Público do Paraná. A partir de agora, qualquer produto que seja caracterizado como agrotóxico, “defensivo agrícola”, veneno, entre outros, deverá ser removido da plataforma.

Segundo o MP, o Mercado Livre deverá ainda aprimorar as suas condições de uso para deixar clara a proibição desses itens.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube