'Mercado para estágio começa a dar sinais de recuperação', diz presidente do CIEE/Rio

Extra
·5 minuto de leitura

Depois de um período negativo o mercado de trabalho para estágio começa a dar sinais de recuperação. Nesta entrevista, o presidente do CIEE/Rio, Arnaldo Niskier, traça o atual cenário do mercado, fala sobre as perspectivas para 2021 e dá informações importantes para os candidatos a uma vaga.

Qual o impacto do efeito Covid-19 para o mercado de estágios?

A pandemia do novo coronavírus provocou o fechamento de muitas empresas e impôs restrições por conta do distanciamento social. As contratações foram suspensas. O mercado de trabalho se fechou, principalmente para os mais jovens. Tivemos uma queda de 32% no número de contratações de estagiários, principalmente nos primeiros meses da epidemia. A quantidade de processos seletivos reduziu bastante. A pandemia ainda não acabou, mas neste momento muitos setores estão tentando seguir em frente.

O que mudou com a pandemia?

Neste momento, o estagiário está sujeito a algumas das condições impostas pelas medidas provisórias criadas pelo governo para que as empresas possam enfrentar os impactos causados pela pandemia da Covid -19. Quem faz estágio pode ter o seu contrato suspenso por até 120 dias. Além disso, os estagiários podem cumprir a sua jornada de trabalho em regime supervisionado de home office. Os estágios não são obrigatórios, e os que recebem bolsa não têm direito ao auxílio emergencial.

O que os jovens estudantes podem esperar de 2021?

Não é hora para desânimo. Ao contrário, é preciso estar atento ao tamanho do desafio imposto pelo destino. A crise certamente não será eterna. Em algum momento, ela passará. Os jovens não devem desperdiçar esse tempo. Espera-se uma retomada gradual da economia. As empresas, na medida do possível, estão mais adaptadas ao momento e voltaram a contratar. O panorama é favorável, e o número de contratações deve ter um bom crescimento. Pela primeira vez, desde o início da pandemia, o CIEE /Rio apresentou um crescimento de 99,34% no número de novas vagas de estágio e de 101,48% no de aprendizes, comparado com janeiro do ano passado.

Os estagiários e futuros estagiários já podem comemorar?

A economia sinaliza uma tendência de reaquecimento no mercado de estágios. Os jovens estudantes devem apostar nesse novo cenário e aproveitar o período de distanciamento social para se capacitar, fazer cursos, adquirir habilidades e se qualificar para concorrer com competência a essas novas oportunidades que irão surgir ao longo de 2021. O estagiário que é proativo, tem espírito de liderança e desenvolve a capacidade de resolver problemas com certeza irá se destacar e terá um lugar garantido no mundo do trabalho.

Para concorrer às vagas do CIEE/Rio, os candidatos devem se inscrever no site do CIEE/Rio. Por causa da pandemia todo o processo é on-line.

CONFIRA AS VAGAS DA SEMANA

Ensino superior (1.069 vagas)

Barra Mansa – Administração (26), Arquitetura e Urbanismo (7), Ciências Contábeis (10), Comunicação Social (6), Direito (81), Enfermagem (5), Engenharia (5), Medicina Veterinária (1), Odontologia (1) e Psicologia (1).

Campos – Administração (8) e Engenharia (1).

Duque de Caxias – Administração (4), Comunicação Social (2), Ciências Contábeis (1), Direito (34), Engenharia (2) e Recursos Humanos (1).

Macaé – Administração (17), Biomedicina (2), Contabilidade (3), Estética (1), Engenharia (6), Informática (2) e Logística (1).

Niterói –Administração (14), Comunicação Social (4), Design (1), Direito (60), Educação (16), Engenharia (6), Farmácia (1), Informática (2), Moda (1) e Psicologia (2).

Nova Friburgo – Administração (6), Comunicação Social (2), Contabilidade (1), Direito (2), Economia (1) e Informática (2).

Nova Iguaçu – Administração (22), Informática (1), Comunicação Social (7), Contabilidade (2), Direito (37), Engenharia (5), Educação (8) e Psicologia (1).

Petrópolis – Administração (6), Arquitetura e Urbanismo (1), Contabilidade (1), Direito (10), Comunicação Social (5), Educação (1), Engenharia (3) e Informática (1).

Resende – Administração (3), Contabilidade (3), Enfermagem (1), Engenharia (5) e Recursos Humanos (1).

Rio de Janeiro – Administração (181), Arquivologia (3), Ciências Atuariais (1), Comunicação Social (50), Ciências Contábeis (26), Gastronomia (3), Logística (7), Medicina (1), Design (4), Direito (128), Economia (4), Educação (43), Enfermagem (2), Engenharia (85), Farmácia (1), Informática (31), Nutrição (3), Turismo (1), Psicologia (8) e Recursos Humanos (1).

Teresópolis – Administração (1) e Engenharia (2).

Três Rios – Administração (3), Comunicação Social (1), Direito (3), Informática (2) e Economia (1).

Ensino médio (771 vagas)

Barra Mansa – Aprendiz (46), ensino médio (32), técnico em Eletromecânica (1) e técnico em Segurança do Trabalho (1).

Campos – Ensino médio (5), técnico em Administração (2) e técnico em Contabilidade (1).

Duque de Caxias – Aprendiz (31), ensino médio (13), técnico em Química (1) e técnico em Enfermagem (1).

Macaé – Aprendiz (54), ensino médio (12), técnico em Design (1), técnico em Enfermagem (3), técnico em Logística (2), técnico em Química (1) e técnico em Segurança do Trabalho (1).

Niterói – Aprendiz (43), ensino médio (17) e técnico em Administração (1).

Nova Friburgo – Aprendiz (4), ensino médio (8) e técnico em Eletromecânica (1).

Nova Iguaçu – Aprendiz (15), ensino médio (34), técnico em Administração (1), técnico em Edificações (1), técnico em Enfermagem (3), técnico em Informática (1), técnico em Publicidade (1) e técnico em Saúde Bucal (1).

Petrópolis – Aprendiz (23) e ensino médio (6).

Resende – Aprendiz (14) e ensino médio (6).

Rio de Janeiro – Aprendiz (257), ensino médio (101), técnico em Automação (5),técnico em Controle Ambiental (1), técnico em Eletrônica (2), técnico em Enfermagem (1), técnico em Mecatrônica (2), técnico em Química (2), técnico em Química Integrada (1) e técnico em Turismo (1).

Teresópolis – Aprendiz (2) e nsino médio (1).

Três Rios – Aprendiz (6) e ensino médio (1).