Mercado popular de Porto Alegre e a readaptação das vendas em 2021 após a 2ª onda da Covid-19

Localizado no centro da capital gaúcha, o Mercado Público de Porto Alegre costumava receber cerca de 100 mil visitantes diariamente, antes da primeira onda da Covid-19 no país.

Em março de 2020, as lojas tiveram que atender aos clientes de portas fechadas, o horário de funcionamento das áreas internas foi reduzido e o local passou a ter limite de 30% do público, conforme decreto.

Desde então, não apenas o movimento, como também o faturamento dos lojistas despencou. Com a segunda onda de casos e internações em leitos hospitalares, a partir de outubro de 2020, os 106 estabelecimentos do Mercado precisaram se adaptar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos