Mercado rebaixa previsão de crescimento de 2022 para 0,36%

·1 min de leitura

BRASÍLIA — Os agentes do mercado financeiro rebaixaram suas expectativas de crescimento para 2022 pela segunda semana seguida e passaram a projetar alta de 0,36% no PIB neste ano. O número foi divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central (BC) e coletado até o último dia de 2021.

Na semana passada, o número já havia sido revisado para baixo, de 0,51% para 0,42%, em uma virada de ano mais pessimista do mercado.

Apesar desse movimento, a previsão para o PIB foi o único indicador que sofreu mudança significativa para 2022. O mercado manteve sua projeção de 5,03% de inflação, levemente acima do teto da meta.

A meta de 2022 é de inflação em 3,5% com piso de 2% e teto de 5%.

Para o câmbio e a taxa básica de juros, a Selic, as projeções foram mantidas de R$ 5,60 e 11,5%, respectivamente.

Para 2023, o mercado aumentou sua projeção de inflação de 3,38% para 3,41%. A meta para o próximo ano é de 3,25%. A expectativa para o PIB se manteve em 1,8%, enquanto a Selic também foi mantida em 8% ao ano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos