Mercado sobe projeção de inflação para este ano pela 26ª semana seguida, mas mantém juros e PIB

·2 minuto de leitura

BRASÍLIA — Pela 26ª semana seguida, o mercado subiu sua projeção de inflação para este ano, que chegou a 8,51% de acordo com o relatório Focus divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central (BC). Na semana passada, a projeção era de 8,45%.

Para 2022, o mercado também aumentou a projeção de inflação para 4,14%, contra 4,12% na última segunda-feira. É a 11ª semana seguida em que o mercado revisa para sua expectativa.

As expectativas vêm subindo por uma série de fatores, entre elas a crise hídrica, que tem causado aumento no preço de energia, além das commodities e incertezas fiscais que vêm aumentando nas últimas semanas por conta da discussão para solucionar o pagamento de R$ 89,1 bilhões em precatórios em 2022.

Os registros de inflação do IBGE também têm constantemente surpreendido para cima. O IPCA-15 de setembro, uma prévia para a inflação do mês, acumulou alta de 10,05% nos últimos doze meses.

O Banco Central já jogou a toalha para atingir a meta de inflação neste ano. Em 8,51%, ela ficará acima da meta de 3,75% e do teto de meta, em 5,25%. Já para 2022, as expectativas do mercado ainda mantêm o índice dentro do intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, já que a meta é de 3,5%.

PIB e Selic mantidos

Embora as expectativas para inflação continuem subindo, o mercado manteve suas projeções tanto para o PIB quanto para a taxa básica de juros, a Selic, em 2021 e 2022.

Para o mercado, o crescimento do PIB deve ser de 5,04% este ano e 1,57% no próximo ano. Ambas as projeções vinham em queda nas últimas semanas. Para 2022, a projeção há quatro semanas era de 1,93%, por exemplo.

Já as expectativas para a Selic vinham em aumento e se mantiveram em 8,25% em 2021 e 8,5% em 2022 após o BC sinalizar que o ciclo de alta nos juros será mais longo, mas o ritmo será mantido. Atualmente, a Selic está em 6,25% e deve ter mais uma alta de 1 p.p na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que acontece no final deste mês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos