Mercedes-AMG GT R é revelado como Safety Car mais poderoso da história da F1

feedback@motor1.com (Dyogo Fagundes)
Mercedes-AMG GT R - Safety Car

Modelo será pilotado por Bernd Mayländer e reforça tradição de 23 anos da marca alemã

Iniciada em 1996 com o C36 AMG, a tradição da Mercedes-Benz de fornecer o Safety Car oficial da Fórmula 1 será reforçada na temporada 2018 com o poderoso AMG GT R. Equipado com motor 4.0 V8 biturbo de 585 cv, o superesportivo será o mais potente veículo da história a desempenhar tal função. Terá a missão de suceder o GT S, usado nas temporadas de 2015 a 2017, e será guiado pelo piloto Bernd Mayländer.

"É um destaque absoluto em termos de dinâmica de condução. Claro que, num mundo ideal, o safety car deve ser utilizado o mais raramente possível - mas quando tivermos de entrar na pista para guiá-lo, certamente estaremos muito bem servidos", disse Mayländer.

Leia também:

Na comparação com o GT R padrão, a versão do Safety Car vem equipada com o pacote opcional Track Package, que engloba freios de cerâmica e um sistema especial anti-capotagem. Há ainda decoração específica da F1, com destaque para as luzes instaladas no teto e a inédita tomada de ar feita de fibra de carbono, que otimiza a aerodinâmica. Na cabine, a Mercedes-AMG equipou o modelo com um par de telas multimídia, sendo a da esquerda responsável por transmitir detalhes da corrida ao vivo e, a da direita, informações adicionais como tempo de volta e posição dos carros.

Mercedes-AMG GT R - Safety Car

Além do GT R, os alemães também fornecerão todo o suporte médico na forma do Medical Car C63 S Estate. A perua esportiva transportará três profissionais de saúde e levará no porta-malas de 490 litros os equipamentos de emergência como desfibrilador, respirador e kit de primeiros socorros.

A temporada 2018 da F1 terá início do próximo fim de semana (24 e 25) com o Grande Prêmio da Austrália, em Melbourne, e chegará ao fim no dia 25 de novembro em Abu Dhabi, no Oriente Médio.

Fotos: Divulgação