Mercedes oferece contrato de R$ 390 milhões para renovar com Hamilton, diz jornal

Sete vezes campeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton disputará pela 10ª vez a competição pela Mercedes em 2023. O contrato atual só é válido até o final desta temporada, e a equipe quer renovar com o piloto por mais dois anos, oferecendo um valor de 62 milhões de libras, o que equivale a cerca de R$ 390 milhões, na cotação atual. As informações são do jornal britânico The Sun.

O lado negativo é que o contrato não incluiria o bônus de 22 milhões de libras (R$ 138 milhões) caso o piloto de 38 anos conquiste o octacampeonato. O salário dele atual é estimado em 40 milhões de libras por ano, o que, com a renovação e o aumento, equivaleria ao novo contrato. A renovação também incluiria um acordo de 10 anos depois da aposentadoria para ser embaixador da Mercedes, com um salário de 22 milhões por ano. No

Na última semana, o chefe da mercedes, Toto Wolff, falou sobre o futuro do piloto, e demonstrou otimismo para extensão do vínculo.

— Estamos absolutamente confiantes. Lewis faz parte da equipe, e a equipe faz parte de Lewis. Não há nenhuma razão para não continuarmos juntos.

A temporada de 2023 da Fórmula 1 estreia no dia 5 de março com o GP do Bahrein. Na última temporada, enquanto Verstappen foi o campeão, Hamilton ficou apenas com a sexta colocação.