Mergulhador flagra aparição de criatura 'fantasma' em praia nos EUA: 'Pensei que fosse uma sacola'; vídeo

O mergulhador Andy Cracchiolo teve um "encontro" inusitado na Praia de Topanga, perto de Los Angeles, nos Estados Unidos: ele se deparou com uma criatura marítima "fantasma". O corpo totalmente transparente do animal chamou a atenção de Cracchiollo, que registrou o passeio dele em vídeo, postado em seu perfil no Instagram no último dia 15.

No início, o mergulhador pensou que a criatura fosse um peixe. Mas, depois, ele pesquisou e descobriu tratar-se de um salpa, da espécie Thetys vagina. Na legenda do vídeo, Cracchiolo escreveu uma explicação sobre o animal, tirada do portal científico Southern Fried Science.

De acordo com o texto, salpas "flutuam pelo oceano aberto, às vezes solitariamente, mas muitas vezes em grandes agregações". "Eles nadam e se alimentam bombeando água pelo corpo, filtrando o plâncton e expelindo um jato de água de um órgão chamado sifão".

No vídeo, é possível ver que o animal tem boca e barbatana na cauda. No corpo, é possível notar apenas uma espiral na parte traseira.

"Estava mergulhando e tirando fotos, à procura de lixo e tesouros. Vi a criatura e pensei que fosse um saco plástico, transparente e branco, com algo que parecia um caracol do mar dentro. Achei que poderia ser algo único, já que mergulhei naquele local muitas vezes e nunca tinha visto nada assim", disse Cracchiolo ao trabloide britânico Daily Star.

Segundo sites especializados na vida marinha, salpas são conhecidos como "aspiradores de pó do oceano". Eles têm uma grande habilidade de sucção e fazem uma filtragem da água. Se alimentam de fitoplâncton, microzooplâncton e até mesmo bactérias. Confundidos muitas vezes com águas-vivas, os salpas não apresentam o mesmo perigo que elas.